Carregando...
Política

Vice-governador de Minas é preso. Foi ministro do PT e é vice do… PT! Claro

Antonio Andrade era, até hoje, um grande desconhecido do público. Era. Foi preso nesta semana, suspeito por uma lista de crimes que começa em BH e termina em Brasília.

Antonio Andrade, segundo a PF, fez parte de um esquema de corrupção no Ministério da Agricultura quando foi o responsável pela pasta.

Adivinhem: no governo de quem? De Dilma Rousseff. Do PT, é claro!

Antonio Andrade é o atual vice-governador de Minas. Governo de quem? Fernando Pimentel. Do PT, é claro!

Tal esquema fora organizado pela JBS-Friboi em 2014 e 2015. Como não poderia deixar de ser, sob a cumplicidade da alma mais honesta do país (presa injustamente em Curitiba) e de seu poste, a mineira-em-época-de-eleições, outra alma honestíssima, Dilma Dona Doida Rousseff.

Aliás, Joesley Batista, o dono da JBS, foi em cana novamente. Alô, Rodrigo Janot, pode isso? Não vaimandar o cara para Nova Iorque, não?

Alô, Ministro Fachin! O braço direito dos irmãos Batista, Ricardo Saud, aquele que o carregou pelos braços, no Congresso Nacional, pedindo sua aprovação para o STF, também foi preso. Que tal chamar o Lauro Jardim, de O Globo, para dar uma forcinha para o cara?

PT, PT, PT, PT… incrível! Falou em corrupção, falou em operação policial, falou em prisão, lá vem o PT.

“Ah, mas o Antonio Andrade é do MDB”. Sei. Ministro do PT, vice do PT, metido em falcatruas com empresas que financiavam o… PT!

Na boa, ver gente que ainda apoia e defende esta quadrilha criminosa — disfarçada de partido — me dá náusea.

Leitura obrigatória